Publications scenario about Family Health Support Centers

Resumo

Os Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) foram criados em 2008 para ampliar a abrangência e as ações das equipes de Saúde da Família. Ainda não há um panorama de estudos sobre, seguindo as recomendações do Pre-Pubmed, Lilacs, Scopus, Bireme e SciELO, com as seguintes palavras-chave: Núcleo de Apoio à Saúde da Família; NASF; Atenção Primária à Saúde; Promoção da Saúde; Estudos de Intervenção; Educação Física; Atividade Física; e suas respectivas palavras na língua inglesa. Foram incluídos estudos publicados entre 2008 e 2015. Foram encontrados 60 estudos sobre o NASF, sendo a maioria no método qualitativo, sobre a implantação do programa e ações desenvolvidas pelas equipes. Dentre estes, sete são da área da Educação Física, realizados principalmente na região Sul (42,8%). Conclui-se que os estudos sobre o NASF, em sua maioria são de carater qualitativo e não abordam a efetividade das ações desenvolvidas, apenas as descrevem. Bem como acontece com as publicações sobre o PEF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thamires Seus, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, Brasil

Programa de Pós-Graduação em Educação Física.

Matheus Freitas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, Brasil

Programa de Pós-Graduação em Educação Física.

Fernando Siqueira, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, Brasil

Programa de Pós-Graduação em Educação Física.

Referências

Ministério da Saúde. Política Nacional de Atenção Básica [Internet]. Vol. 5, Série Pactos Pela Saúde. 2006. 60 p. Available from: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/ pdf/volume_4_completo.pdf.

BRASIL. Política Nacional de Atenção Básica [Internet]. Vol. I, Ministério da Saúde. 2012. 110 p. Available from: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/geral/pnab.pdf.

Ministério da Saúde. Diretrizes do NASF: Núcleo de Apoio a Saúde da Família [Internet]. Cadernos de Atenção Básica. 2010. 152 p. Available from: http://189.28.128.100/dab/ docs/publicacoes/cadernos_ab/abcad27.pdf.

Hallal PC. Global Observatory for Physical Activity [Internet]. Physical Activity Country Card: Brazil. 2015 [cited 2016 Dec 27]. Available from: http://www. globalphysicalactivityobservatory.com/.

Barros MVG, Lemos EC De, Ramos C, Silva DM. Programs and interventions for physical activity promotion in the Brazilian Uni ed Health System: a research object that starts to be unveiled.Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2016;21(5):385-7.

Rodrigues JD, Ferreira DKS, Silva PA, Caminha IO, Farias Junior JC. Inserção e atuação do profissional de educação física na atenção básica à saúde: revisão sistemática. Brazilian Rev Bras Ativ Fis Saúde. 2013;18(1):5–15.

Lee I-M, Shiroma EJ, Lobelo F, Puska P, Blair SN, Katzmarzyk PT. E ect of physical inactivity on major non- communicable diseases worldwide: an analysis of burden of disease and life expectancy. Lancet. 2012;380(9838):219-29.

Wen CP, Wu X. Stressing harms of physical inactivity to promote exercise. Lancet. 2012;380(9838):192-3.

Moher D, Liberati A, Tetzla J, Altman DG, e PRISMA Group, A information C and L information. Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses. PLoS Med. 2009;6(7).

Lancman S, Gonçalves RMDA, Cordone NG, Barros JDO. Estudo do trabalho e do trabalhar no Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Rev Saude Publica. 2013;47(5):968–75.

Gomes GAO, Kokubun E, Mieke GI, Ramos LR, Pratt M, Parra DC, et al. Characteristics of physical activity programs in the Brazilian primary health care system. Cad Saude Publica. 2014;30(10):2155-68.

Santos SFS, Benedetti TRB. Cenário de implantação do Núcleo de Apoio a Saúde da Família e a inserção do profissional de Educação Física. Rev Bras Ativi Fís Saúde. 2012;17(3):188–94.

Vasconcelos IAL, Sousa MF, Santos LMP. Evolução do quantitativo de nutricionistas na Atenção Básica do Brasil: A contribuição dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família e da Estratégia Saúde da Famíla de 2007 a 2013. Rev Nutr. 2015;28(4):431-50.

Departamento de Atenção Básica. Relatório Estadual de Equipes de NASF [Internet]. Relatório Estadual de Equipes de NASF. 2016 [cited 2016 Apr 16]. Available from: http://dabsistemas.saude.gov.br/sistemas/pmaq_relatorio/relatorio/ adesaopmaq.

Aguiar CB, Costa NMSC. Formação e atualização de nutricionistas dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família. Rev Nutr. 2015;28(2):207-16.

Ambrósio CES, Lorentz DL, Santos GFV, Leal LCDL, Nery TN. Atuação dos pro ssionais dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF) com enfoque ao trabalho do nutricionista. Vol. 1. UNIVERSIDADE VALE DO RIO DOCE; 2009. Available from: https://slidex.tips/download/ universidade-vale-do-rio-doce-univale-faculdade-de- ciencias-da-saude-facs-curso.

Andrade AF, Lima MM, Silva NPMVL. Avaliação das ações da Fonoaudiologia no NASF da cidade do Recife. Audiol Commun Res. 2014;19(1):52-60.

Andrade LMB, Quandt FL, Campos DA, Delziovo CR, Coelho EBS, Moretti-Pires RO. Análise da implantação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família no interior de Santa Catarina. Sau &Transf Soc. 2012;3(1):18-31.

Araújo EMD, Galimbertti PA. A colaboração interpro ssional na estratégia saúde da família. Psicol Soc [Internet]. 2013;25(2):461–8. Available from: http:// www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822013000200023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt.

Silva N, Kind L. Psicologia nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família em Belo Horizonte. Psicol Ciência e Profissão. 2013;33(3):520-35.

Barros JDO, Gonçalves RMDA, Kaltner RP, Lancman S. Estratégia do apoio matricial: a experiência de duas equipes do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) da cidade de São Paulo, Brasil. Cien Saude Colet. 2015;20(9):2847-56.

Barros CML, Farias Junior G. Avaliação da atuação do nutricionista nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) do município de Picos/PI. Rev Saúde e Desenvolv. 2012;1(1):140-54.

Bezerra PA. Atuação dos profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família no Recife: desa os e possibilidades [Internet]. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães; 2013. Available from: http://arca.icict.fiocruz.br/handle/icict/12258.

Bezerra RSS, Carvalho MFS, Silva TPB, Silva FO, Nascimento CMB, Mendonça SS, et al. Arranjo matricial e o desa o da interdisciplinaridade na atenção básica: a experiência do Nasf em Camaragibe/PE. Divulg Saúde Debate. 2010;49:51-9.

Bonaldi AP, Ribeiro MD. Núcleo de Apoio à Saúde da Família: as ações de promoção da saúde no cenário da estratégia Sáude da Família. Rev APS. 2014;17(2):195-203.

Brito FRSS. Os nutricionistas do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) do município do Rio de Janeiro: perfil, formação profissional e prática [Internet]. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; 2015. Available from: http:// arca.icict. ocruz.br/handle/icict/12970.

Cela M, Oliveira IF. O psicólogo no Núcleo de Apoio à saúde da Família: articulação de saberes e ações. Estud Psicol. 2015;20(1):31-9.

Costa JP, Jorge MSB, Vasconcelos MGF, Paula ML, Bezerra IC. Resolubilidade do cuidado na atenção primária: articulação multiprofissional e rede de serviços. Saúde Debate. 2014;38(103):733–43.

Costa LS, Alcântara LM, Alves RS, Lopes AMC, Silva AO, Sá LD. A prática do fonoaudiólogo nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família em municípios paraibanos. CoDAS. 2013;25(4):381-7.

Dibai Filho AV, Aveiro MC. Atuação Dos Fisioterapeutas Dos Núcleos De Apoio À Saúde Da Família Entre Idosos Do Município De Arapiraca-Al, Brasil. Rev Bras Promoç Saude. 2012;25(4):397-404.

Farias PB. Atuação do nutricionista em equipe multiprofissional na atenção básica de saúde. 2012;129. Available from: http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/ pt/lil-713177.

Fernandes TL, Nascimento CMB, Sousa FOS. Análise das atribuições dos fonoaudiólogos do NASF em municipio da região metropolitana do Recife. Rev CEFAC. 2013;15(1):153-9.

Ferro LF,Silva EC, Zimmermann AB, Titotto Castanharo RC, Oliveira FRL. Interdisciplinaridade e intersetorialidade na estratégia saúde da família e no núcleo de apoio à saúde da família: Potencialidades e desafios. Mundo da Saúde. 2014;38(2):129-38.

Fittipaldi ALM. Apoio Matricial nas ações de Alimentação e Nutrição: visão dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família de Manguinhos, Rio de Janeiro, RJ [Internet]. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; 2013. Available from: http://157.86.8.70:8080/certi ca/bitstream/ icict/2314/2/0000111.pdf%5Cnhttp://bvssp.icict. ocruz.br/ lildbi/docsonline/get.php?id=3721.

Fragelli TBO. Análise das Competências Profissionais no Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Universidade de Brasília; 2013. Available from: http://repositorio.unb.br/ handle/10482/14451.

Furtado G, Knuth AG. Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em Rio Grande/RS: percepções sobre o trabalho realizado pela educação física. Rev Bras Atividade Física Saúde. 2015;20(5):514-23.

Gomes LMD. O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e a integralidade na atenção básica em saúde mental em um Município da região serrana do Rio de Janeiro. 2013;82. Available from: http://bvssp.icict. ocruz.br/lildbi/ docsonline/get.php?id=3838.

Gonçalves RMDA, Lancman S, Sznelwar LI, Cordone NG, Barros JDO. Estudo do trabalho em Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF), São Paulo,Brasil. Rev Bras Saúde Ocup. 2015;40(131):59-74.

Hori AA, Nascimento A de F. O Projeto Terapêutico Singular e as práticas de saúde mental nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) em Guarulhos (SP), Brasil. Cien Saude Colet. 2014;19(8):3561-71.

Lancman S, Barros JDO. Estratégia de saúde da família (ESF), Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e terapia ocupacional: problematizando as inerfaces. Rev Ter Ocup Univ São Paulo. 2011;22(3):263-9.

Leite DC, Andrade AB, Bosi MLM. A inserção da Psicologia nos Núcleos De Apoio À Saúde Da Família. Physis Rev Saúde Coletiva. 2013;23(4):1167-87.

Leite DF, Nascimento DDG do, Oliveira MA de C. Qualidade de vida no trabalho de profissionais do NASF no município de São Paulo. Physis Rev Saúde Coletiva. 2014;24(2):507-25.

Lima ACS, Falcão IV. A formação do terapeuta ocupacional e seu papel no Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF do Recife, PE. Cad Ter Ocup [Internet]. 2014;7(1):3–14. Available from: http://dx.doi.org/10.4322/cto.2014.002.

Loch MR, Teixeira DC, Rodrigues CG. E Os Homens ? E Os Que Moram Longe ? E Os Mais Jovens ? Perfil Dos Usuários De Programas De. Rev Bras Ciências do Esporte [Internet]. 2013;35(4):947-61.

Mafra LPV. A trajetória do NASF no município de Piraí: uma análise para além da gestão. Universidade do Estado do Rio de Janeiro; 2012. Available from: http://pesquisa.bvsalud. org/cvsp/resource/pt/lil-653037?lang=pt.

Magalhães CCB. Contribuição dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf ) para o desenvolvimento de ações de Saúde do Trabalhador. Vol. 1, Dissertação (Mestrado) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. 2014. Available from: https://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/1420647.

Menezes CADE. Implantação do núcleo de apoio ao programa de saúde da família (NASF) em Olinda: Estudo de Caso. Dissertação (Mestrado) 2011. Available from: http:// www.cpqam.fiocruz.br/bibpdf/2011menezes-ca.pdf.

Molini-avejonas DR, Aboboreira MS, Inês M, Couto V, Molini-avejonas DR. Inserção e atuação da Fonoaudiologia nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família. 2014;26(2):148-54.

Nascimento CMB. Núcleo de Apoio à Saúde da Família: uma análise da atenção à saúde em municípios da Região Metropolitana do Recife [Internet]. Fundação Oswaldo Cruz; 2014. Available from: http://arca.icict.fiocruz.br/ handle/icict/10666.

Nóbrega JSM. Avaliação das ações do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) em Macaíba/RN. Vol. 1. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Dissertação (Mestrado) 2013. Available from: https://repositorio.ufrn.br/ jspui/handle/123456789/17827.

Oliveira FRL. A integração das ações no campo da Saúde Mental entre a Estratégia de Saúde da Família e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família: desafios para uma prática interdisciplinar. Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo 2013.

Patrocínio SSSM. Núcleo de Apoio à Saúde da Família: proposta nacional e a implementação em municípios do estado do Rio de Janeiro. Fundação Oswaldo Cruz. Dissertação (Mestrado) 2012. Available from: https://www. arca. ocruz.br/bitstream/icict/24618/1/677.pdf.

Peixoto MRG, Ramos K, Martins KA, Schincaglia RM, Silva LAB. Insegurança alimentar na área de abrangência do Núcleo de Apoio à Saúde da Família em Itumbiara, Goiás. Epidemiol e Serviços Saúde. 2014;23(2):327-36.

Reis DCD, Flisch TMP, Vieira MHF, Santos-Junior WS. Per l de atendimento de um Núcleo de Apoio à Saúde da Família na área de reabilitação, Município de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, Brasil, 2009. Epidemiol e Serviços Saúde. 2012;21(4):663-74.

Reis F, Vieira ACVC. Perspectivas dos terapeutas ocupacionais sobre sua inserção nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) de Fortaleza, CE Insertion of occupational therapists in the support centers for family health of Fortaleza. Cad Ter Ocup. 2013;21(2):351-60.

Rodrigues DCM, Bosi MLM. O lugar do nutricionista nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família. Rev Nutr. 2014;27(6):735-46.

Rodrigues JD, Ferreira DKS, Junior JCF, Caminha IO, Florindo AA, Loch MR. Perfil e atuação do Profissional de Educação Física nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família na região metropolitana de João Pessoa , PB Profile and conduct of Physical Education Professionals in health family teams of the metropolitan region in João Pesso. Rev Bras Atividade Física Saúde. 2015;20(4):352-65.

Sampaio J. O NASF como dispositivo da gestão: limites e possibilidades. Rev Bras Ciências da Saúde. 2012;16(3):317-4.

Sampaio J, Martiniano C, Rocha A, Neto A, Sobrinho G, Marcolino E, et al. Núcleo de Apoio à Saúde da Família: Refletindo sobre as Acepções Emergentes da Prática. Rev Bras Ciências da Saúde. 2013;17(1):47-54.

Santana JS, Azevedo TL, Reichert ADS, Medeiros AL, Soares MJGO. Center for family health support: team performance at the family health strategy. Rev Pesqui Cuid é Fundam Online. 2015;7(2):2362.

Santos SFS, Benedetti TRB, Medeiros TF, Freitas CLR, Sousa TF, Costa JLR. e work of physical education professionals in Family Health Support Centers (NASF): a national survey. Rev Bras Cineantropom Desemp Hum. 2015:693-704.

Silva ATC, Aguiar ME, Winck K, Rodrigues KGW, Sato ME, Grisi SJFE, et al. Núcleos de Apoio à Saúde da Família: desafios e potencialidades na visão dos profissionais da Atenção Primária do Município de São Paulo, Brasil. Cad Saude Publica. 2012;28(11):2076-84.

Silva JP. A inserção do nutricionista no NASF no município do Rio de Janeiro. 2012.

Soleman C, Martins CL. O trabalho do fonoaudiólogo no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) - Especifidades do trabalho em equipe na Atenção Básica. Rev CEFAC. 2015;17(4):1241-53.

Souza FLD, Chacur EP, Rabelo MRG, Silva LAM, Villela WV. Implantação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família: percepção do usuário. Saúde em Debate. 2013;37(97):233-40.

Souza MC, Bom m AS, Souza JN, Vilela ABA, Franco TB. Fisioterapia e Núcleo de Apoio à Saúde da Família: um estudo sob a ótica dos gestores, profissionais e usuários de saúde da família. Rev APS. 2014;17(2):189-4.

Souza MC, Bomfim AS, Souza JN, Franco TB. Fisioterapia e Núcleo de Apoio à Saúde da Família: conhecimento, ferramentas e desa os. O Mundo da Saúde. 2013;37(2):176-84.

Souza SC, Loch MR. Intervenção do profissional de educação física nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família em municípios do norte do Paraná. Rev Bras Ativi Fís Saúde. 2011;16(1):5-10.

Vannucchi AMC, Junior NC. Modelos tecnoassistenciais e atuação do psiquiatra no campo da atenção primária à saúde no contexto atual do Sitema Único de Saúde, Brasil. Physis Rev Saúde Coletiva. 2012;22(3):963–82.

Ministério da Saúde. Portaria 154/2008. Núcleos de Apoio à Saúde da Família. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/ bvs/saudelegis/gm/2008/prt0154_24_01_2008.html>. Acesso em: 12 dez. 2015.

Becker LA, Gonçalves PB, Reis RS.Programas de promoção da atividade física no Sistema Único de Saúde brasileiro: revisão sistemática. Rev Bras Ativi Fís Saúde. 2016;21(1):112-24.

Departamento de Atenção Básica. Histórico de Cobertura da Saúde da Família [Internet]. Teto, credenciamento e implantação das estratégias de Agentes Comunitários de Saúde, Saúde da Família e Saúde Bucal. 2016. Available from: http://dab.saude.gov.br/portaldab/historico_cobertura_ sf.php.

Turato ER. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: Definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Rev Saude Publica. 2005;39(3):507–14.

CAPES. Plataforma Sucupira [Internet]. Dados Cadastrais do Programa. 2016 [cited 2016 May 10]. Available from: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/.

Publicado
30-05-2018
Como Citar
1.
Seus T, Freitas M, Siqueira F. Publications scenario about Family Health Support Centers. RBAFS [Internet]. 30maio2018 [citado 22jun.2018];22(5):429-38. Available from: http://www.rbafs.org.br/RBAFS/article/view/12103
Seção
Artigos de Revisão