Respostas hemodinâmicas durante e após sessão de pilates em comparação com exercício aeróbico e resistido

  • Jordane Meneses Junior UFPB
  • Jorge Gomes Universidade de Pernambuco
  • José Gomes UFPB
  • Mara Amaral UFPB
  • Renata Madruga UFPB
  • Thamires Silva UFPB
  • Aline Brito UFPB
Palavras-chave: Pressão arterial, hipotensão pós exercício, exercício aeróbio, treinamento de resistência

Resumo

Os objetivos foram verificar a segurança da sessão Pilates (SP) por meio do duplo produto e comparar a hipotensão (HPE) com uma sessão aeróbia (SA) e treinamento resistido (SR) em adultos jovens analisando as alterações e comportamento hemodinâmico advindo durante as sessões. 12 adultos jovens do sexo masculino (23,3 ± 2 anos; 23,9 ± 1 Kg/m²) realizaram três sessões exercícios: SA, SR e SP e uma sessão controle (SC) (60 minutos cada). A pressão arterial (PA) e a frequência cardíaca (FC) foram registradas em repouso, durante e após as sessões a cada 15 minutos durante as sessões SP, SA e SC, e a cada dois exercícios em SR. Após a sessão foram mensuradas a cada 15 minutos até 60 minutos. Os dados foram analizados pelos testes ANOVA One-way (intragrupo) com Post Hoc de Bonferroni e ANOVA Two-way (intergrupo) com post hoc de Newman-Keuls. O duplo produto foi calculado (FC x PAS). Os resultados das sessões de exercício elevaram significativamente o duplo-produto com valores médios próximos a 25,000±1670, 16,000±3400 e 14,000±1420 mmHg.bpm respectivamente para SA, SR e SP. Refletiram em HPE sistólica significativas aos 15, 30, 45 e 60 minutos em SA. Aos 45 e 60 minutos em SR, e SP não produziu reduções significativas apresentando reduções dos componentes sistólicos de 4±4 a 6±3 mmHg. Nenhuma sessão produziu alteração HPE diastólica. SP com menores magnitudes apresentou valores médios entre 2 ± 4 a 4 ± 2 mmHg. Entretanto as HPEs não apresentaram diferenças significativas entre as mesmas. Conclui-se que SP apresenta comportamento hemodinâmico seguro em adultos jovens por permanecer abaixo da faixa máxima estabelecida (≤30.000mmHg). Apesar de não observar resultados significativos na HPE, apresenta comportamento hemodinâmico semelhante a SA e SR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Gomes, Universidade de Pernambuco

Graduado em Educação Física (UPE)

Mestre pelo Programa Associado de Pós Graduação em Educação Física UPE/UFPB

Publicado
12-02-2015
Seção
Artigos Originais