Environmental factors to promote the use of a Public Park in adults

Autores

  • Alfredo Leopoldo Enrique Messenger Valenzuela Federal University of Santa Catarina. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0002-6424-9839
  • Ana Carolina Belther Santos Federal University of Santa Catarina. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0003-2957-8255
  • Marcelo Dutra Della Justina Federal University of Santa Catarina. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0001-9301-9808
  • Thuany Stahelin Kuhn Santa Catarina State University. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0002-5570-1969
  • Joris Pazin Santa Catarina State University. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0003-4821-7498
  • Cassiano Ricarso Rech Federal University of Santa Catarina. Department of Physical Education, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. https://orcid.org/0000-0002-9647-3448

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.23e0049

Palavras-chave:

Environment, Urban parks, Demographic data, Leisure activities

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever os fatores ambientais que estimulam o uso de um parque público de acordo com as características sociodemográficas dos frequentadores. Foi realizado um estudo transversal em um parque público de Florianópolis, em 2014/2015. Foi aplicada uma entrevista face-a-face sobre características sociodemográficas e sobre fatores ambientais que podem estimular o uso do parque. Utilizou-se a análise descritiva e os testes Qui-quadrado e teste Z para comparar as proporções entre grupos, adotando-se um nível de significância de p < 0,05. Participaram do estudo 377 frequentadores do parque (59,7% mulheres), com 18 ou mais anos de idade. A beleza, localização geográfica, fatores tecnológicos, arquitetônicos, políticas nor- mativas, valores e atitudes foram os fatores ambientais mais relatados como os que estimulam o uso do parque (p < 0,05). A presença de equipamentos e programas públicos no parque foram os fatores mais relatados entre mulheres, quando comparado aos homens (p > 0,05). A beleza arquitetônica das estruturas e a presença de cartazes/quadros informativos foram os fatores com motivadores mais relatados entre aqueles com ensino fundamental e médio (p < 0,05). Os fatores ambientais existentes parecem ter impacto na motivação para o uso do parque e variam de acordo com as variáveis sociodemográficas dos frequentadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-05-06

Como Citar

1.
Valenzuela ALEM, Santos ACB, Justina MDD, Kuhn TS, Pazin J, Rech CR. Environmental factors to promote the use of a Public Park in adults. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 6º de maio de 2019 [citado 28º de janeiro de 2022];23:1-7. Disponível em: https://www.rbafs.org.br/RBAFS/article/view/13491

Edição

Seção

Artigos Originais